fbfbfb
fb+351 253 421 246
search
Artigo

Origens familiares de Alberto Sampaio em Guimarães

Data:
2013

Autor(es):

Resumo:
As origens vimaranenses de Alberto Sampaio, remetem-nos, no século XVIII, para as freguesias de S. Romão de Rendufe, S. Martinho de Candoso, S. Pedro de Polvoreira e Santo Estevão de Urgeses de onde são naturais, pela linha materna, alguns dos seus trisavós. Os percursos familiares que aí têm origem conduzem-nos directamente aos lugares onde se irá fixar, mais tarde, uma parte dos seus descendentes: a casa da antiga rua dos Mercadores, propriedade de José António Teixeira e de Teresa de Abreu Cardoso, bisavós de Alberto Sampaio, situada no perímetro do burgo amuralhado da então vila de Guimarães, e o palacete do Largo da Misericórdia que a sua avó, Ana Rita de Abreu Cardoso Teixeira, comprou, em 1815, ao tenente-coronel António do Couto Ribeiro de Abreu. A partir de documentos pertencentes ao Arquivo da Casa de Boamense e ao Arquivo Municipal Alfredo Pimenta, procurámos identificar os principais membros dos vários ramos familiares, recriar os cenários das suas vivências e perceber como se ampliaram os legados patrimoniais, através do casamento ou por herança. Nos trajectos de vida destes antepassados do historiador, destacamos ainda alguns dos acontecimentos de maior relevo em que foram protagonistas ou meros observadores, além de uma ou outra particularidade mais interessante das suas personalidades. ‘Pequenas memórias’ mantidas, quase sempre, no círculo fechado da família, merecedoras, contudo, de divulgação por facultarem o acesso à esfera da vida privada nos séculos XVIII e XIX, permitindo, deste modo, um conhecimento mais alargado da forma como as famílias estruturavam os seus usos e costumes.

Tipo:
Artigo

URI:

ISSN:
0871-7478

Publicação:
insert_drive_file Ficheiro(s)
Nome: bth2012-2013_7.pdf
Tamanho: 500.47KB
Formato: PDF
download Ver / Abrir