fbfbfb
fb+351 253 421 246
search
Artigo

A indústria têxtil vimaranense e a adesão de Portugal à EFTA (1960-1974)

Data:
2020

Autor(es):

Resumo:
Entre os vários resultados da renovação historiográfica ocorrida em Portugal nas décadas seguintes ao 25 de Abril destaca-se a afirmação de novas áreas de investigação, entre as quais a história económica, a qual, não obstante já há bastante tempo ter suscitado o interesse dos historiadores, entre os quais Alberto Sampaio ou Vitorino Magalhães Godinho, não tinha até então beneficiado das condições necessárias para o seu pleno florescimento. As temáticas que, no âmbito desta renovação historiográfica, inicialmente interessaram os historiadores económicos centraram-se, em grande medida, em duas áreas de investigação: a procura da explicação do atraso económico português, iniciada na década de 1980, o que em parte não deixa de estar associado ao facto do país se ter há pouco libertado de uma ditadura retrógada e obscurantista de quase meio século, e já na década seguinte a análise do crescimento económico português no pós-Segunda Guerra Mundial, em particular durante o período que se iniciou em 1 de Janeiro de 1960 até ao 25 de Abril de 1974, com a entrada de Portugal, como membro fundador, na Associação Europeia de Comércio Livre (mais conhecida por EFTA, o acrónimo da sua denominação em inglês, European Free Trade Association), devendo também ser levado em consideração o acordo preferencial concluído em 1972 com a então Comunidade Económica Europeia. (...)

Tipo:
Artigo

URI:

ISSN:
0871-7478

Publicação:
insert_drive_file Ficheiro(s)
Nome: bth2020_5.pdf
Tamanho: 232.46KB
Formato: PDF
download Ver / Abrir